Cidades

CIDADES

Policial

POLICIA

Itapebi

ITAPEBI

Esporte

ESPORTE

Brasil

BRASIL

Mundo

MUNDO

VIDEOS

VIDEOS

Obras

OBRAS

VEM AI... GRANDE CAVALGADA AMIGO ZÉ AMARAL

Nenhum comentário

CAEMA prende bandidos que atuavam no povoado de Boca do Córrego.

Nenhum comentário

Informações: Mais-Bn
Uma ação realizada por policiais da CIPE-MATA ATLÂNTICA (antiga CAEMA) no último sábado (23/03) resultou na prisão de dois criminosos que atuavam no povoado de Boca do Córrégo assustando a população com uso de armas de fogo.  Foram presos durante a operação as pessoas de Aleandro Santana dos Santos, vulgo Peba e Eliomar Santos de Souza, vulgo Cacau, que ainda tentaram fugir do cerco policial, mas foram rapidamente alcançados.
Com a dupla foram encontrados 01 Revólver Calibre .32, 03 munições intactas Calibre .38, 47 estojos Calibre .32, 23 estojos Calibre .36, 23 estojos Calibre .28, 18 embalagens de pólvora, 01 vaso de 500 ml de Chumbo e 02 espingardas de fabricação caseira. Os dois envolvidos e todo o material apreendido foram levados para a Delegacia Territorial de Eunápolis para a confecção do Boletim de Ocorrência.

Bandidos arrombam e roubam sede do CREAS em Belmonte.

Nenhum comentário
Informações: Mais-Bn
Bandidos arrombaram na noite desse domingo (25/03) a sede do CREAS (Centro de Referência Especializada de Assistência Social) em Belmonte. O fato foi descoberto pelo vigilante que assumiu o serviço por volta das 21:00Hrs e descobriu que a porta do estabelecimento público tinha sido arrombada.
O prédio foi todo revirado e os ladrões conseguiram levar 01 computador, 01 impressora, 01 botijão de gás e 01 receptor de tv. Os bandidos fugiram pelo muro dos fundos, com o auxílio de uma pilha de mesas usada para facilitar a escalada. A Polícia Militar esteve no local e está efetuando rondas para conseguir encontrar os bandidos e recuperar o material roubado. O fato foi informado à Delegacia Territorial de Belmonte, que está responsável pelas investigações do caso.

Prefeito de Itapebi resume dinâmica do seu Governo ao radialista Jota Bastos

Nenhum comentário
Por: Marcos Almeida.

Na manhã desta segunda-feira (25), o prefeito Juarez Oliveira "Peba" (PP), foi procurado na Cidade pelo repórter Jota Bastos, a quem a autoridade concedeu ampla entrevista que resume a dinâmica da sua administração marcando ótimos pontos em apenas 2 anos e meio.

Em entrevista a Ativa FM Peba informou que mantêm em dias o pagamento dos servidores todos meses sem falha alguma desde o início do seu Governo.

Agora, o prefeito vai licitar o calçamento da rua do Fórum ligando até o Bairro Novo, ainda está semana.

Foram obtidos junto ao Governo Federal verba de 1 milhão de reais para a reforma, adequações e ampliação da Maternidade Nelson Moura.

Ainda está semana o prefeito de Itapebi celebra convênio garantindo um micro-ônibus para transportar pacientes de Hemodiálise.

Segundo Peba, o ex-prefeito do Município de Itapebi, doutor Francisco, deixou um grande abacaxi sem descascar, incluindo desvio de dinheiro para compra de um ônibus escolar.

O prefeito afirma também que todos que passaram no processo seletivo de número 001/2019 já está sendo convocado para trabalhar 

Indignação contra a Neo Energia em Itapebi traz Jota Bastos à Cidade

Nenhum comentário
Por: Marcos Almeida.

Com a ampla repercussão da matéria publicada no itapebinoticias.com dando conta da insatisfação do Município de Itapebi com a empresa Neo Energia, conforme o contundente e duro discurso do presidente da Câmara local, Paulo Roberto na sessão passada, o radialista Jota Bastos, da Ativa-FM de Eunápolis esteve à Cidade onde entrevistou Paulinho de Fífia na manhã desta segunda-feira, 25.

Na oportunidade o vereador reafirmou tudo o que já havia dito na Tribuna da Câmara e que havia sido publicado em nosso site.


O QUE SERIA O NOVO PARA BELMONTE?

Nenhum comentário
Informações: Jornal - Belmonte

Estava aqui deitado no meu cantinho preferido da casa e me veio uns pensamentos na cabeça que eu gostaria de compartilhar com vocês, principalmente os belmontenses natos.

Como todos vocês sabem, sempre fui muito envolvido com a política, trabalhei com vários políticos da região e de Belmonte, onde estou querendo chegar com esse texto? Simples.
 
Nessas minhas “andanças” fazendo “política ” bem como nas redes sociais, tenho escutado rumores de que está se criando um novo grupo político com o intuito de concorrer o próximo pleito municipal em 2020.

Belmonte é um município que anseia pelo novo, mais no quesito política, ainda tem muito que se aprimorar, principalmente em relação a juventude, mesmo ela estando mais consciente.
É possível observar os últimos acontecimentos nas redes sociais para ver que, principalmente os jovens têm propostas para um município mais igualitário e sem tanta hipocrisia.

O problema é que, independente das novas propostas, os partidos principais sempre acabam se destacando na mídia e reinando na urna.

Belmonte precisa de um "novo respiro", uma esperança política que tenha novos planos para o município. Como surpresa política, está surgindo uma terceira via que poderá apresentar novidades, o "NOVO".

Que visa investir num preceito dinâmico na política, acreditando que é possível fazê-la de um jeito diferente, de modo que seu maior objetivo seja de fato o zelo, respeito e cuidado pela nossa cidade e os seus Belmontenses.
 
E esse sentimento de aspiração por  esse "NOVO" está crescendo entre o povo dessa cidade, principalmente por aqueles que são de fato "daqui", que investe no múnicipio e que acredita no potencial de crescimento da cidade e de sua gente. Vamos aguardar e ver de perto quem será a nova chapa, e o grupo que estará junto na caminhada rumo a 2020.

Homem é morto e cão de vítima fica ao lado do corpo até chegada da polícia

Nenhum comentário
Informações: Otempo - Jornalismo
Um homem foi assassinado no município de Eunápolis, na região sul da Bahia, nesta sexta-feira (22), e o cachorro da vítima ficou ao lado do corpo até a chegada da polícia para remoção. De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu na Avenida ACM, próximo ao Hospital Regional do município. O corpo foi encontrado por volta das 7h. A suspeita é de que o homicídio tenha ocorrido durante a madrugada, enquanto a vítima, que era um morador de rua, dormia. Ainda não há informações sobre a autoria e a motivação do crime.
A PM disse que policiais militares da 7ª Companhia Independente foram acionados após informações de que o homem tinha sido vítima de agressão sendo atingida por uma pedra. A pedra usada para cometer o homicídio estava ao lado do corpo e tinha marcas de sangue. Quando os policiais chegaram, conforme a PM, uma equipe do Serviço Móvel de Urgência (Samu) já estava no local e constatou o óbito da vítima. Os PMs fizeram o isolamento da área e solicitaram os agentes do Departamento de Polícia Técnica (DPT) para remoção do corpo.
Enquanto a remoção não ocorria, o cachorro vira-lata ficou por perto. Pessoas que moram na região e que conheciam a vítima disseram que o homem e o cãozinho andavam sempre juntos. O corpo do homem foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). O crime será investigado pela Polícia Civil.

Homem é executado com tiro de pistola e escopeta na casa da namorada

Nenhum comentário
 informações Verdinho 
Na madrugada desta sexta-feira (22), Hermes Conceição Nascimento, idade não divulgada, popularmente conhecido como Mega, foi morto a tiros, dentro da residência da namorada. O  rime ocorreu em Itacaré, no litoral sul baiano. Hermes Conceição Nascimento, vulgo Mega, de idade não revelada.

De acordo com informações policiais, três homens, encapuzados e vestidos com roupas pretas, arrombaram a porta da frente da casa, ordenaram que a namorada de Mega virasse de costas para não ver o que aconteceria. Em seguida, efetuaram diversos disparos de pistola e escopeta. O rosto de Hermes ficou completamente desfigurado. Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica esteve no local e removeu o corpo da vítima. A polícia investiga o caso.

Temer se nega a depor; MP vai denunciá-lo por lavagem, corrupção e peculato

Nenhum comentário

Informações: Uol

O ex-presidente da República Michel Temer (MDB) se recusou a prestar depoimento hoje aos procuradores que compõem a força-tarefa da Operação Lava JatoEle foi preso ontem, em operação que deteve outras nove pessoas, entre elas o ex-ministro Wellington Moreira Franco (MDB).

De acordo com a procuradora da república Fabiana Schneider, o grupo recebeu um informe da defesa de Temer pela manhã dizendo que o ex-presidente se reservaria ao direito de permanecer em silêncio. Por isso, ele sequer foi chamado para depor.

Segundo Schneider, uma denúncia formal contra o ex-presidente será apresentada pela procuradoria à Justiça na próxima semana, pelos crimes de peculato, corrupção e lavagem de dinheiro. A procuradora afirmou que Temer será denunciado como chefe de uma organização criminosa que atuou em contratos fraudulentos das obras da usina de Angra 3.

Dentre todos os dez presos ontem pela Lava Jato, apenas Moreira Franco prestou esclarecimentos à procuradoria. O coronel João Batista Lima, amigo de Temer, foi levado para depor junto com o ex-ministro, mas permaneceu em silêncio.

"Ele [Moreira Franco] negou ter pedido propina, prestou esclarecimentos e deu a sua versão dos fatos. Chegou a reconhecer que Temer disse que Lima cuidava da Argeplan em mais de uma ocasião", relatou a procuradora. Carlos Alberto Montenegro Gallo e Vanderlei de Natale não haviam sido chamados para depor até as 15h.

Tanto Temer quanto Moreira Franco apresentaram pedido de liberdade ao TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região). O desembargador Antonio Ivan Athié, da 1ª Turma Especializada da corte, marcou para a próxima quarta-feira (27) o julgamento dos dois pedidos e solicitou que o juiz Marcelo Bretas, que decretou a prisão de ambos, se manifeste em até 24 sobre os habeas corpus apresentados.

Procuradora defende prisões

Durante entrevista a jornalistas na sede no Ministério Público Federal, no Rio de Janeiro, a procuradora rebateu críticas à ordem de prisão preventiva e afirmou que um eventual habeas corpus a qualquer uma dos presos será danoso às investigações.

"Crimes de 'colarinho branco' são diferenciados de crimes de violência, por exemplo. Nós rastreamos promessas de pagamentos dessa organização criminoso para daqui a vinte anos. Eram verdadeiras previdências com parcelamentos altos e a perder de vista", explicou.

Eventuais tentativas de destruição e ocultação de provas das movimentações da quadrilha também colaboram para que a procuradoria acredite que as prisões são necessárias.

"Trata-se de uma organização atuante há 40 anos. Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, houve a tentativa de esconder aparelhos celulares e notebooks. Isto resume bem o porquê de não podermos ter essas pessoas soltas", disse Schneider.

Preso na Lava Jato, Moreira Franco foi mestre nas intrigas do poder

Nenhum comentário

Informações: R7

Chamado por Leonel Brizola de gato angorá por causa cabelos brancos e  sempre aderir ao poder, como o “bichano” que passa de colo em colo, Moreira Franco também recebeu o apelido de anjo mau, mas na verdade foi sempre um camaleão na vida política.

MDB: não há irregularidade por parte de Temer e Moreira Franco

Teve status de ministro no governo de Michel Temer depois de ser um dos articuladores do impeachment de Dilma Rousseff. E também foi ministro de petista, que ajudou a derrubar do poder, além de ter assessorado Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva.

Foi casado com a neta de Getúlio Vargas, Celina Vargas do Amaral Peixoto, e por isso na década de 1980 também ficou conhecido como o “genro do genro”. A união durou com Celina durou até 1989.

Hoje, Moreira Franco é casado com a sogra do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Foi governador do Rio de Janeiro, prefeito de Niterói, três vezes deputado federal, vice-presidente da Caixa Econômica Federal e ocupou secretarias importantes.

Moreira Franco   nasceu em 19 de outubro em Teresina (PI) e mudou-se ainda criança com a família para o Rio de Janeiro.

Começou na política estudantil aos 15 anos, quando o presidente era Juscelino Kubitschek.


Depois do golpe militar de 1964, o estudante de sociologia da PUC integrou a Ação Popular, grupo de resistência ao regime.

Foi preso em 1967, acusado de subversão política. Entrou no MDB em 1972 e eleito deputado em 1974. Em 1979 foi para a Arena, partido que apoiava a ditadura.


Com o fim da ditadura e a ida do PMDB ao poder com José Sarney assumindo a presidência da República após a morte de Tancredo Neves, decidiu mudar de lado e voltou a ser peemedebista, legenda em que permanece até hoje e que voltou a ser MDB.

Como governador, foto com bicheiros

Moreira Franco foi eleito governador do Rio de Janeiro em 1986, no embalo do plano Cruzado e a curta popularidade de Sarney, com quem viria a romper logo depois. Como governador, enfrentou acusações de desvios e concorrências irregulares. Em fevereiro de 1991, prestes a deixar o cargo, recebeu no Palácio Guanabara a cúpula da contravenção e foi fotografado ao lado de bicheiros como Anísio Abrão David, e Carlinhos Maracanã.

Ainda como governador do Rio, seu preparador físico foi um dos envolvidos no sequestro do publicitário Roberto Medina, que só foi liberado após pagamento de resgate.

Temer, o grande amigo

A amizade de Moreira Franco com Michel Temer começou em 1995, quando atuou na campanha do ex-presidente para a liderança do PMDB. A proximidade era tanta que Moreira Franco foi apontado como o grande conspirador contra Dilma Rousseff antes e durante o processo de impeachment da petista. Sempre negou a acusação. “O PMDB não trai nunca”, disse.

Também teria sido Moreira Franco o autor da famosa carta de Michel Temer a Dilma Rousseff, em que dizia ser um “vice-decorativo” O político sempre negou ter sido o ghost-writer.


Com Temer no poder, assumiu a Secretaria-Geral da Presidência.

Lava Jato

Quando foi nomeado por Michel Temer secretário-geral da Presidência, o senador Randolfe Rodrigues e o Ministério Público Federal afirmaram que tudo era uma manobra para dar ao aliado a imunidade do cargo com o status de ministro.

O MPF ouviu dos delatores da Odebrecht várias vezes citações ao nome de Moreira Franco, que na planilha de pagamento de propinas da empreiteira teve o nome associado ao gato angorá.

A ordem de prisão de Moreira Franco partiu do juiz federal Marcelo Bretas, que comanda a Lava Jato no Rio de Janeiro.

A base para o pedido de prisão teria sido a delação do doleiro Lúcio Bolonha Funaro, que teria envolvido o nome do peemedebista em esquemas de fraudes na Caixa Econômica Federal, realizadas enquanto ele era vice-presidente da instituição financeira.


Em dezembro de 2014, Moreira Franco disse em um evento no Rio de Janeiro que a Lava Jato iria trazer "profundas consequências na governança e na gestão da  Petrobras".

Moreira Franco pareceu antever o que aconteceria com a estatal do petróleo, só não imaginou que tudo acabaria com a sua prisão. Agora, resta saber se o velho político conseguirá usar tudo o que aprendeu como gato angorá, anjo mau e camaleão para sair da cadeia.

© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.