Cidades

CIDADES

PAI QUE MORREU AO LADO DOS 4 FILHOS EM BATIDA DEIXOU CARTA DIZENDO QUE A MÃE NUNCA MAIS VERIA AS CRIANÇAS

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

/ Por: ITAPEBINOTICIAS.COM / WHAT (73)9 8203-7072

A Polícia Civil de Goiás trabalha com a hipótese de que a batida frontal entre um carro e um caminhão que matou pai e quatro filhos na BR-070 possa ter ocorrido propositalmente. O acidente ocorreu na altura do quilômetro 22, da BR-070, na cidade de Cocalzinho (GO), Entorno do DF, na manhã deste sábado (24).

De acordo com o delegado da Central de Flagrantes de Águas Lindas de Goiás, Renato Sampaio Cavalheiros, no mesmo dia do acidente, o pai buscou as crianças na casa da mãe e entregou uma carta para ela dizendo que aquela seria a última vez que a ex-mulher veria os filhos. A mãe entregou a carta à polícia quando registrou a ocorrência na delegacia. O caso é investigado como homicídio doloso.

No local do acidente não há marcas de frenagem ou derrapagem que, segundo a polícia, podem indicar que o pai das crianças invadiu a pista contrária de propósito. O caminhoneiro também relatou que o motorista do carro não tentou desviar da batida. Análise preliminar do acidente mostra que o pai das crianças dirigia em alta velocidade.

Investigação aponta que o homem não estava conformado com o fim do relacionamento com a mãe das crianças. Entre as crianças que morreram estavam três meninos e uma menina. Eles tinham dois, três, quatro e cinco anos.

O veículo em que as vítimas estavam ficou completamente destruído. Os bombeiros que atenderam a ocorrência informaram que os passageiros estavam sem cinto de segurança.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Águas Lindas, a pista foi interditada nos dois sentidos para limpeza da via devido ao derramamento de óleo. A estrada é rota para a cidade goiana de Pirenópolis e em razão do grande fluxo de carros um grande engarrafamento se formou no local.
 O seu apoio é muito importante. Clique >>aqui<< para curtir nossa página no facebook

Nenhum comentário

Postar um comentário

Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.