Cidades

CIDADES

Preso em Itagimirim o primeiro suspeito pela participação na morte de Rielson

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

/ Por: ITAPEBINOTICIAS.COM / WHAT (73)9 8203-7072
Alessandro Lopes, mais conhecido como Sandro Seco, teve prisão temporária decretada. (Divulgação)

Um homem foi preso na manhã desta terça-feira (6), em Itagimirim, acusado de ter participação na morte do ex-prefeito de Itagimirim, Rielson Lima,assassinado a tiros em praça pública em julho do ano passado. Alessandro Lopes, mais conhecido como "Sandro Seco", foi preso em uma borracharia após 10 horas sendo monitorado.

O delegado da Polícia Civil, Élvio Brandão, responsável pelas investigações, afirmou ao Rastro101 que Alessandro Lopes é suspeito de ser o coordenador da logística e execução do homicídio de Rielson Lima. Ele havia sido preso no dia 23 de dezembro do ano passado, sob a acusação de envolvimento com roubo de gado na região.O delegado afirmou ainda que ele mesmo participou e coordenou a operação que resultou na prisão de Sandro na manhã desta terça-feira. "Foram 10 horas monitorando a casa dele até o momento na prisão", afirmou o delegado à nossa reportagem.
Prisão
Veículo do suspeito amanheceu com os pneus furados. Ele foi preso quando chegou na borracharia. (Foto: Rastro101)

O veículo de "Sandro" estava estacionado próximo à sua casa com os dois pneus dianteiros furados, o que o forçou a ir até uma borracharia que fica às margens da BR-101. Sandro teria então tomado uma moto emprestada e ido até a borracharia fazer o reparo no pneu, logo pela manhã.

Na borracharia, enquanto Sandro esperava o reparo do pneu, quatro policiais chegaram em um veículo Siena e fizeram a abordagem, colocaram Sandro no carro e o levaram em sentido à Eunápolis.

De acordo com um familiar de Rielson Lima, o suspeito teria confessado para a polícia quem foi o executor da morte de Rielson Lima.

O delegado afirmou que as investigações ainda estão em andamento e que em breve podem ocorrer outras prisões relacionadas ao caso.

Fonte  rastro101

Nenhum comentário

Postar um comentário

Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.