O assassinato de Rielson cai no esquecimento

O assassinato do então prefeito de Itagimirim Rielson Lima (PMDB), em julho de 2014, continua se arrastando entre rumores de bastidores e a realidade que aponta para a impunidade dos culpados, praxe em crimes supostamente políticos na Bahia. Depois da saída do delegado que apurava o homicídio, Élvio Brandão, para assumir cargo no Detran-BA, o caso caiu no esquecimento. A população de Itagimirim e a família do ex-prefeito já perderam a esperança de ver o crime elucidado.
O assassinato de Rielson foi uma afronta à segurança pública baiana: aconteceu em praça pública, por volta das 18 horas. Até o momento, mais de 8 meses depois, a polícia só prendeu um suspeito relacionado ao crime. E parou aí. 

Por Bahia40graus

0 comentários for �O assassinato de Rielson cai no esquecimento �

Comentário

TV NOTICIAS NEWS EXCLUSIVIDADE

FACEBOOK

Destaque