Cidades

CIDADES

Assassino de aluguel é morto em confronto 18 horas após matar policial

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

/ Por: ITAPEBINOTICIAS.COM / WHAT (73)9 8203-7072
Vilian dos Santos Machado, 20 anos, morreu nesta segunda-feira, 16 de novembro, em confronto com a Polícia Militar, na rua João Paulo II, bairro Tancredo Neves, em Teixeira de Freitas, por volta das 14 horas. Ele é acusado de ser um dos assassinos de aluguel contratado por Cleomar José dos Santos, 28 anos, para matar o policial da reserva, tenente José Luiz Firmo Queiroz, 75 anos, na noite de domingo, 15, em Duque de Caxias.

De acordo com informações disponibilizadas pelo Major Magalhães Dantas, comandante da 87º Companhia Independente da Polícia Militar, a guarnição estava desde ontem atrás dos bandidos.
Conseguiram prender Cleomar ainda na madrugada desta segunda-feira, que foi apontado como um dos partícipes do crime, e mandante. Cleomar iniciou uma confusão com tenente José por conta de um volume do som de um carro que estava em frente a um bar que os dois faziam consumo de bebida alcoólica entre amigos.

Cleomar se irritou com tenente, saiu do bar e contratou dois bandidos para matarem o policial. Os dois assassinos de aluguel foram identificados, sendo um deles o Vilian, que já estava andando normalmente pela cidade nesta manhã. O outro assassino não teve o nome revelado até o momento, para não atrapalhar o trabalho da Polícia.
Villian foi contratado apenas para pilotar a moto usada pelo seu comparsa para atirar no PM. Os dois chegaram de moto e atiraram covardemente contra o policial, acertando dois tiros na região torácica, sem nenhuma chance de defesa da vítima e por motivo torpe.
Durante a tentativa de abordagem policial, nesta tarde, Vilian estava na residência e armado. Quando soube da presença da guarnição atirou e tentou escapar pelos fundos da casa. Durante a troca de tiros ele ficou ferido. Os policiais ainda tentaram socorrer e levaram ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, mas ele não resistiu aos ferimentos e faleceu.
Foi apreendida a arma utilizada por Vilian para atirar na guarnição: um revólver calibre 38, com dois cartuchos intactos, um cartucho deflagrado e dois cartuchos deflagrados.  Todo o material foi apresentado ao delegado responsável, Dr. Kléber Gonçalves, que irá encaminhar para a equipe de Polícia Técnica para que seja feita perícia e possa descobrir se essa arma também foi utilizada para matar o tenente da reserva.
O corpo de Vilian foi levado para o IML de Teixeira de Freitas, onde já foi necropsiado e aguarda ser liberado para a família.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.