Cidades

CIDADES

População revoltada atearão fogo na casa da família do acusado de matar o jovem em São João do Sul, Município de Guaratinga.

sábado, 26 de dezembro de 2015

/ Por: ITAPEBINOTICIAS.COM / WHAT (73)9 8203-7072
A população do distrito de São João do Sul, na Zona rural do Município de Guaratinga, ateou fogo na casa do suspeito de assassinar a facadas o jovem Jair Pereira Gonçalves de 20 anos, por causa de uma discursão motivada por um som de carro ligado em alto volume e o agressor queria que desligasse.

Revoltados com a violência contra o rapaz, os moradores arrombaram a casa da família do agressor e quebraram móveis e tocaram fogo na madrugada deste-sábado (26/12). No começo da manhã deste sábado um grupo voltou à casa do suspeito e pediu para que a família fosse embora do distrito.
O grupo de moradores  gritavam palavra de ordem "assassino". Cerca de 50 a 60 jovens derrubaram o portão da residência e atearam fogo, que se alastrou pelo local. "Começaram a gritar e quebraram as coisas. O fogo chegou até a casa da vizinha do lado. Os moradores da rua afirmaram que o autor da violência contra o rapaz era uma pessoa agressiva, principalmente quando bebia.
A Polícia Militar foi solicitada para evitar nova violência. Mas os moradores deixaram claro que só vão parar após os familiares do  agressor deixar o povoado.
O autor do crime está preso na delegacia de Polícia Civil de Guaratinga. De acordo com a polícia, ele foi autuado em flagrante. Algumas testemunhas já foram ouvidas e familiares do suspeito deverão ser ouvidos ainda neste sábado.
Informações que chegou até a redação do giro é que o acusado é uma pessoa bastante fria, cruel e violenta com os vizinhos. Temos informações de outras lesões que ele teria praticado com alguns vizinhos. O acusado está preso e pode ser transferido para presidio ainda hoje.
Como foi um caso que teve um clamor público pela futilidade e pela crueldade, a população queimou a casa, um trailer e ameaçaram a familia, como uma expressão de revolta.
A vitima foi mutilada por farias facadas na última quinta-feira (24) no meio da rua. Segundo a polícia, as investigações vão mostrar se havia ou não discussões anteriores entre os envolvidos que servissem de motivação para o crime. O rapaz morreu na quinta-feira minutos antes do natal.
FONTE GIRO DE NOTICIAS

Nenhum comentário

Postar um comentário

Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.