SAMU está há quase 1 mês sem atuar em Guaratinga devido a ambulância quebrada

A população de Guaratinga clama para que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência volte a funcionar como de costume. Há mais de 20 dias, a única ambulância que servia o município está quebrada causando sérios prejuízos e gerando preocupações para aqueles que necessitam dela para o socorro em casos de acidentes e enfermidades. Até o prédio onde se instala o SAMU poderá ser tomado pelo proprietário, já que ha vários meses não está sendo pago o aluguel do imóvel. O SAMU é um programa que tem como finalidade prestar o socorro à população em casos de emergência.

Os registros de pedidos de socorro em casos de necessidades de auxilio do SAMU só aumentam e as informações para quem liga para a central 192, são de que o SAMU de Guaratinga se encontra desativado. Nos últimos dias dois casos graves chamaram a atenção por conta dessa deficiência, sendo que um homem baleado em estado grave de saúde ficou por mais de uma hora agonizando pedindo por socorro e outro homem que sofreu um acidente de moto também ficou a mercê da ajuda da equipe do SAMU local que nada puderam fazer a não ser absolver as duras criticas. Em ambos os casos citados, as vitimas contaram com o auxilio de uma ambulância do Hospital de Guaratinga, a qual não possui tanta estrutura para supri a carência de toda população onde compreende seus serviços. E quando a ambulância não improvisa os serviços do SAMU, vários casos em Guaratinga já foram registrados de populares que estão levando acidentados ou enfermos de uma forma totalmente incorreta, com carros particulares e sem imobilização adequada, causando um agravamento na saúde do enfermo.
Outras informações apuradas pela nossa reportagem dão conta de que a residência onde o SAMU se encontra instalado, na Avenida Alberto Costa Lima, no centro da cidade de Guaratinga, se encontra com pelo menos 03 meses de aluguel em atraso, o que pode levar o proprietário do imóvel a ter que solicitar a desinstalação do SAMU do local. Ainda na residência, pode ser vista, a ambulância, que se encontra estacionada na garagem, já que a mesma está quebrada. O prédio parece estar abandonado, pois moradores próximos contam que desde que o atendimento do SAMU foi suspenso, nem se quer as janelas da casa foram fechadas, ficando abertas dia e noite.
A equipe do SAMU em Guaratinga é composta por 04 condutores, que recebem R$ 1.200, cada um, 05 técnicos de enfermagem, com salários de R$ 1.000 podendo chegar a R$ 1.500, cada um, o que leva a crê, que se por acaso estes profissionais estiverem aguardando o concerto do automóvel, sem a prática dos seus serviços, o município fica com um prejuízo de cerca de R$ 10.000 ao mês.
Nossa equipe de reportagem também entrou em contato na ultima terça-feira (25), com o secretário municipal de saúde, Ronaldo Batista, que lamentou o fato e confirmou que os serviços do SAMU realmente estão paralisados por conta de uma peça danificada na ambulância, e que a mesma já se encontrava a disposição em uma casa de peças automotivas, na cidade de Eunápolis, e que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência voltaria a sua normalidade em Guaratinga, nesta quinta-feira (27), o que não aconteceu, podendo ser visível ainda no local a ambulância nas mesmas condições de mais de 20 dias atrás. Apenas o mato que cobria a frente do imóvel foi retirado nesta quinta-feira (27), as janelas continuam abertas, dando impressão da movimentação de pessoas na residência.
Quanto aos funcionários que prestam serviços ao SAMU, o secretário garantiu que estes estão prestando seus serviços no hospital e postos de saúde da cidade, sem haver prejuízos para os cofres públicos.
A responsabilidade pela administração do SAMU é da Secretaria de Estado da Saúde do Governo da Bahia, e possui uma parceria com a Prefeitura de Guaratinga, que se refere no aluguel da base na cidade, pagamento dos funcionários e alimentação dos mesmos, além de abastecimento e manutenção do veículo.
A população guaratinguense aguarda com urgência uma resposta do Poder Público municipal para o retorno do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.
FONTE: GUARANANET

0 comentários for �SAMU está há quase 1 mês sem atuar em Guaratinga devido a ambulância quebrada�

Comentário

TV NOTICIAS NEWS EXCLUSIVIDADE

FACEBOOK

Destaque