Cidades

CIDADES

Bebê de três meses é internado em UTI com agulhas na cabeça após ritual macabro

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

/ Por: ITAPEBINOTICIAS.COM / WHAT (73)9 8203-7072
Um bebê de três meses foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal da Santa Casa de Rondonópolis (MT) com agulhas no corpo. De acordo com o G1, os objetos teriam sido introduzidos por uma mulher depois de um suposto ritual religioso. A mulher e o pai da criança, de 27 anos, foram presos. O crime ocorreu em São Pedro da Cipa (MT).
Um exame de Raio-X apontou que a criança tinha quatro agulhas no corpo: três na cabeça e uma no abdômen. Segundo a equipe médica do hospital, o estado de saúde do bebê é estável. Os médicos tentaram remover as agulhas introduzidas na cabeça da criança, mas o procedimento não teve sucesso. Ela permanece recebendo cuidado intensivo e passando por exames.

Os médicos informaram que só tentarão retirar as agulhas novamente depois que a vítima apresentar evolução no caso. Conforme a publicação, o Conselho Tutelar encaminhou à Polícia Civil na segunda (12) uma denúncia de maus-tratos. “Descobriram que o bebê estava com agulhas no corpo. Fizemos a prisão do pai que é suspeito de envolvimento e de uma mulher que teria feito a inserção das agulhas no corpo da criança. A mãe também está envolvida”, contou o delegado Marcelo Melo de Laet, responsável pelo caso. Com apenas 17 anos, a mãe foi detida e entregue ao Conselho Tutelar.

De acordo com a polícia, os suspeitos informaram que “estavam entregando a criança para Deus”. Os pais teriam recebido uma quantia de R$ 250 para permitir que a criança passasse pelo procedimento. O pai e a mulher devem responder por tentativa de homicídio e corrupção de menores, porque a mãe do bebê é adolescente.

FONTE: OTEMPOJORNALISMO

Nenhum comentário

Postar um comentário

Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.