Responsive Ad Slot

Cidades

CIDADES

Ex-marido que matou servidora do Detran na BA carregava bilhete: 'Veja o que vocês fizeram no Natal'

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

/ Por: NOVA RADIO CIDADE FM
O homem suspeito de matar a ex-companheira a facadas quando ela chegava para trabalhar na sede do Detran-BA, nesta terça-feira (26), em Salvador, foi encontrado com um bilhete, segundo informações da Polícia Civil. Ele não chegou a deixar o bilhete no local do crime, o recado foi achado com o suspeito, após ele ser custodiado.

Segundo o delegado Guilherme Machado, coordenador da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central) e responsável pelo caso, no bilhete escrito pelo comerciante Jailson Santos Mendonça, de 46 anos, tinha: "Veja o que vocês fizerão [sic] no Natal. Mudou tudo. Era diferente. Estava tudo bem eu e Mari. Davi-Antônia-Gegeu-Andreia". A polícia não detalhou quem são as pessoas citadas no bilhete, além da vítima, Maridalva da Silva Gonçalves, e do suspeito.

Após golpear a ex-mulher, Jailson ainda tentou ingerir veneno. Ele foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, onde continua internado e está custodiado. No local, ele já prestou os primeiros esclarecimentos à polícia e confessou o crime.

Segundo testemunhas de pessoas próximas a vítima, Maridalva estava sendo ameaçada nos últimos dias pelo ex-companheiro, mas ela recusou registrar ocorrência em uma unidade policial. Cerca de dez pessoas foram ouvidas no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), nesta terça, entre seguranças que fizeram a condução do autor e colegas de trabalho e parentes da vítima.

Diante das evidências do bilhete e do chumbinho que Jailson tomou logo após atacar a ex-mulher, o delegado Guilherme Machado aponta que o crime foi premeditado. Jailson foi autuado por feminicídio e será encaminhado para o sistema prisional assim que receber alta médica do HGE.

O sepultamento de Maridalva será realizado no cemitério do município de Governador Mangabeira, nesta quarta-feira (27), às 11h.

Caso
A servidora do Detran-BA foi morta na escadaria que dá acesso à sede do órgão, na região do Iguatemi, em Salvador. Em nota, o Detran lamentou a morte da servidora.

Conforme a polícia, após o crime, o suspeito tentou se matar com veneno para rato, mas foi impedido por seguranças do Detran e levado o HGE.

A vítima trabalhava no setor de defesa prévia. O Detran informou, ainda em nota, que está prestando solidariedade à família de Maridalva. Ainda de acordo com o comunicado, os serviços oferecidos à população pelo órgão não foram suspensos.

Fonte: Verdinho - Itabuna
Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.