Cidades

CIDADES

Funcionamento do comércio em Eunápolis será ampliado para até 19 horas

sexta-feira, 1 de junho de 2018

/ Por: NOVA RADIO CIDADE FM
Depois de 35 anos funcionando das 8:00 às 18:00 horas de segunda a sexta-feira, o comércio em Eunápolis tem um novo horário, que estende o atendimento aos clientes até às 19:00 horas.
O novo horário foi estabelecido por cláusula constante na Convenção Coletivo de Trabalho 2018/19, assinada pelos sindicatos que representam os comerciantes e os comerciários, e já em vigor.
A Cláusula 8ª do acordo coletivo, na realidade, flexibiliza o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, permitindo que se defina o horário mais adequado para cada estabelecimento.
Dessa forma, cada loja pode continuar abrindo às 8:00 horas da manhã e, sendo conveniente, estender o expediente até o novo horário estabelecido, ou abrir mais tarde, uma hora, por exemplo, e fechar também uma hora mais tarde.
Caso haja o acréscimo na carga horária, o empregador poderá pagar a hora extra ou compensá-la, como já prevê a Convenção Coletiva de Trabalho.
Para Herivelto Melo, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Eunápolis (Sindicomércio), essa mudança atende a uma necessidade do comércio local, uma vez que há uma demanda de vendas após às 18:00 horas, que não está sendo aproveitada pelos lojistas de diversos setores. “Inclusive, há lojistas que já estendem o funcionamento de suas lojas, apesar de não haver a autorização legal”, diz o dirigente sindical.
A presidente do Sindicato dos Comerciários (Sincom), Solineide Lima dos Santos, também reconhece haver essa demanda.
HORÁRIOS ESPECIAIS – Assim como ocorreu no Dia das Mães, as lojas abrirão em horários especiais para as datas de maiores vendas para o comercio: Dia dos Pais, Dia dos Namorados, São João e Dia das Crianças. Nessas ocasiões, os estabelecimentos comerciais abrirão na véspera, até às 20:00 horas.
Outra novidade, será a abertura do comércio, nos dias 02 de julho, feriado estadual e 15 de novembro, feriado nacional. Nessas datas, o expediente deverá ser encerrado às 13:00 horas.
SEGURO – A Convenção Coletiva de Trabalho, que só foi concluída e assinada agora no final de maio, traz outras novidades. Uma delas é a fixação do feriado do Dia do Comerciário na segunda-feira do Carnaval.  Novidade também, que é considerada “conquista”, tanto pelos representantes dos patrões quanto dos empregados é a garantia de um Seguro de Vida e Acidentes Pessoais para cada comerciário, a ser contratado pelo empregador.
O Parágrafo 2º da Cláusula 36 estabelece, em uma tabela, os valores a serem pagos a título de indenização, que vão de R$ 10.000,00 por morte, invalidez permanente ou invalidez funcional; R$ 5.000,00 pela morte do cônjuge; R$ 3.000,00 por morte de filho (a); uma assistência funeral de R$ 3.000,00; além de valores para despesas médico-hospitalar e incapacidade temporária.
Para contemplar os comerciários com esse benefício, os empregadores vão pagar um valor de R$ 7,45, o que, segundo Erivelto, é um valor pequeno, levando em conta o benefício. “Hoje, sem esse benefício, o empregador termina arcando com gastos muito maiores, para não deixar o colaborador desassistido”, diz o sindicalista.
Fonte: Nossa cara / por: Teoney Guerra
Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.