Cidades

CIDADES

Jovem é preso suspeito de matar avó com facada no pescoço

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

/ Por: ITAPEBINOTICIAS.COM / WHAT (73)9 8203-7072
Informações G1 Go

Segundo Polícia Civil, parentes contaram que o rapaz tinha comportamento explosivo e não gostou da forma como foi chamado para jantar. Ele também é investigado por agredir o companheiro da avó.

O jovem Adeilson dos Santos Marques, de 18 anos, foi preso nesta quarta-feira (17) suspeito de matar a avó com uma facada no pescoço em Cavalcante, na região norte de Goiás. Segundo a Polícia Civil, parentes do rapaz o denunciaram pelo crime na noite anterior, quando ele teria discutido por não ter gostado da forma como foi chamado para jantar.

Conforme a corporação, o rapaz ainda não tem um defensor.
O rapaz foi preso pela Polícia Militar às margens do Rio das Almas. O delegado que investiga o caso, George Aguiar Muniz, disse que ouviu uma irmã e um tio do jovem e ainda o companheiro da avó do suspeito. Segundo ele, os parentes disseram que o garoto tinha um comportamento naturalmente agressivo e se irritou.

“Primeiro ele deu um soco no companheiro da avó dele por causa da forma como ele foi chamado para jantar. Nisso, o tio dele apartou os dois e o rapaz saiu da casa, nervoso. Menos de uma hora depois ele voltou para a casa, discutiu com a avó que saiu correndo pela rua, foi perseguida pelo neto e levou uma facada no pescoço. O garoto fugiu em seguida”, disse ao G1.

Segundo o delegado, os parentes chamaram socorro e tentar reanimar a idosa, mas ela não resistiu. Eles também chamaram a polícia e denunciaram o crime, ainda na noite de terça-feira (16), e foram ouvidos pelo delegado.

O jovem está detido no Presídio de Cavalcante e ainda não foi ouvido pela Polícia Civil. Conforme o delegado, deve ser indiciado pelos crimes de homicídio qualificado por motivo fútil pela morte da avó e agressão contra o companheiro dela. Se condenado, ele pode ficar preso por até 30 anos.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.