Cidades

CIDADES

Prefeito Fernando Gomes exonera mais dois de seu quadro político

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

/ Por: ITAPEBINOTICIAS.COM / WHAT (73)9 8203-7072
Informações Verdinho Itabuna
Na manhã desta segunda-feira (15), o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (sem partido), efetivou a exoneração de dois diretores de seu quadro. Tarciso Soares, da diretoria do departamento da indústria e comercio foi o primeiro nome a ser publicado no Diário Oficial do Município. 

Em seguida, ocorreu a exoneração do advogado e comentarista político Rui Correa, da direção do departamento institucional da secretaria da fazenda. Há especulações no cenário político local de que Fernando fará, ainda esta semana, mais subtrações do quadro que compõe seu governo. Vale ressaltar que as mudanças constantes ocorrem em setores diversos, inclusive nas principais secretarias, como as de Saúde, Educação, Segurança, Transporte e Trânsito, dentre outras. 

Os salários atrasados, as greves e paralisações, as fragilidades em áreas cruciais do governo têm sido as marcas da atual gestão de Fernando Gomes. Eleito em 2016 com mais de 34 mil votos, o líder do executivo itabunense parece ter perdido o controle e demonstra, em seu pífio governo, muita insegurança em cada decisão a tomar. Nas ruas, nota-se que perdeu muito de sua popularidade, e não conseguiu "transferir" seus votos para o filho, Sérgio Gomes (PR), candidato a deputado estadual no último pleito. No total, Sérgio acumulou 9.778 votos, mas apenas 3.337, pouco mais de 1/3 desses votos saíram de Itabuna, o que ratifica o desprestígio de Fernando. 

Nas entrevistas concedidas, o prefeito sempre alega as dificuldades financeiras vividas pelos municípios em todo o país, para justificar os salários que oscilam entre dois e três meses de atrasos. Entretanto, pode-se notar que cidades como Ilhéus, Itajuípe, Itaju do Colônia, Vitória da Conquista e a maioria absoluta dos 417 municípios baianos está com os salários em dia. Por aqui, os salários são pagos aos poucos, em chamados "lotes" que, muitas vezes, favorecem uns em detrimento de outros. E os absurdos acumulam-se ao longo de quase dois anos de sofrimento da comunidade itabunense.  

Nenhum comentário

Postar um comentário

Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.