Cidades

CIDADES

Prefeitura de Guaratinga é denunciada por gastar combustível com veículos que não rodam há anos

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

/ Por: ITAPEBINOTICIAS.COM / WHAT (73)9 8203-7072
Informações: Furo31
Documentos apresentados ao Ministério Público Federal (MPF) mostram que dois ônibus escolares e uma ambulância que estão parados há anos na garagem da Prefeitura Municipal de Guaratinga estão na folha abastecimento, consumindo combustível quase diariamente. A denúncia foi feita pelo vice-prefeito Ezequiel Xavier com a ajuda dos vereadores Marcone Rodrigues e Misael Gregório nesta quinta-feira (31).
Segundo a denúncia, em consulta ao Portal da Transparência, constatou-se que o ônibus do transporte escolar do Programa Caminho da Escola, do Governo Federal, de placa NTT-1215, que se encontra sem pneus e motor há 03 anos, entretanto, consta na planilha que desde o mês de janeiro de 2017 até o mês de dezembro de 2018, o citado ônibus estava sendo abastecido, quase que diariamente, como se estivesse em funcionamento.
Da mesma forma aconteceu com o ônibus escolar placa OUU-7238, que também se encontra sucateado, entretanto consta na planilha como se estivesse em funcionamento durante o período de janeiro de 2017 até o mês de dezembro 2017.
Outro fato que causou estranheza foi a ambulância FORD CURRIE de placa NTL-6944, que tem capacidade de 68 litrosde gasolina no seu tanque de combustível estava sendo abastecido, quase que diariamente, com a quantidade de 100 litros de gasolina. E o veículo se encontra sucateado há mais de 06 anos.
Todos os veículos citados estão localizados na garagem da Prefeitura Municipal ao lado do Ginásio de Esportes José Dias da Costa, no centro da cidade.
“Evidente estão os indícios de falsificação de informações para enganar os órgãos fiscalizadores, e com isto desviar dinheiro público, destinado a educação e saúde causando prejuízo ao erário público”, disse Ezequiel Xavier.
Se o inquérito do MP comprovar os atos praticados na denúncia, a Prefeita Chistine Pinto responderá por improbidade administrativa lei n° 8.429/92 que pune os agentes públicos e aqueles que a eles se associam, no caso de enriquecimento ilícito no exercício do mandato, cargo, emprego ou função administrativa pública direta, causando dano ao erário ou violando os princípios administrativos.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.