Cidades

CIDADES

Homicida e traficante de drogas procurado em Belmonte morre em confronto com a CAEMA.

domingo, 30 de junho de 2019

/ Por: REDAÇÃO
Informações: Mais - Bn
Um dos bandidos mais procurados da cidade de Belmonte tombou em confronto com a CIPE-MATA ATLÂNTICA (CAEMA) no Bairro São Benedito. O fato aconteceu na tarde desse sábado (29/06) quando duas guarnições da CAEMA que faziam rondas pela cidade foram avisadas de que indivíduos estavam traficando drogas na localidade conhecida como Campo do Ranca Toco. Ao chegar ao local os policiais militares foram recebidos a tiros disparados pelos suspeitos que empreenderam fuga em direção ao interior do bairro. Diante da situação, as duas guarnições efetuaram um cerco pelo quarteirão e encontraram um dos criminosos escondido em um terreno baldio que começou a atirar contra as viaturas.
Depois da troca de tiros, os policiais militares adentraram o terreno e encontraram um suspeito caído portando um revólver Calibre .32 com 04 cartuchos deflagrados e 01 picotado. O criminoso foi identificado pelo nome de Uelisson de Jesus, mais conhecido na cidade pelo apelido de Rasta. Com o mesmos ainda foram encontrados 20 pedras de crack, R$ 47,75 em espécie e 2.000,00 Guaranis (moeda paraguaia) também em espécie. O Rasta ainda chegou a ser socorrido, mas veio a óbito ao dar entrada na emergência do Hospital Dr. José da Costa Pinto Dantas. Também foi encontrado escondido há poucos metros o outro comparsa de nome Danilo de Jesus Ferraz, com ele foram encontrados 25 pedras pequenas de crack e uma pedra média da mesma substância. O mesmo não apresentou resistência, foi preso e conduzido para a Delegacia Territorial de Eunápolis.
Com 09 homicídios em sua ficha policial e com mandados de prisão em aberto por associação ao tráfico de drogas, o Rasta era um dos criminosos mais procurados em Belmonte. O mesmo figurava como o matador da facção HDL e foi o responsável pelo homicídio ocorrido no circuito do carnaval desse ano que vitimou um traficante rival conhecido pelo nome de Marcelo Henrique de Oliveira Nascimento (de apelido Torubé). Rasta também era acusado de participar do duplo homicídio que vitimou o casal Hercules da Silva Santos (Equinho) e Ana Paula Aquino de Souza em janeiro desse ano. Os dois também operavam no tráfico e eram rivais da facção HDL.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.