Estrada com asfalto esburacado, sem acostamento e sem sinalização é o único acesso da BR-101 em Itabela ao Município de Guaratinga.

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

/ Por: REDAÇÃO
Moradores de Guaratinga, a 28 quilômetros da BR-101, enfrentam diariamente um “campo minado” de buracos para chegarem à cidade ou a BR-101 pela BA estadual 283.
A referida estrada interliga os dois municípios e da acesso ainda o centro da cidade de Itabela aos  bairros Ouro Verde e Jaqueira. A estrada percorre cerca de 3 km em perímetro urbano na cidade de Itabela. O trecho  é conhecido como Avenida Guaratinga.

Esse trecho que corta o centro da cidade de Itabela está intransitável  e a prefeitura sem poder realizar grandes investimentos na referida estrada por se tratar de uma via estadual tomou uma decisão nada agradável, realizar um “Tapa buraco” com terra. Os moradores não querem a colocação de terra, devido a poeira e com a chuva fica ainda pior devido à lama.

A BA 283 é conhecida, principalmente, por boa parte da população que estuda ou trabalha nas cidades vizinhas. Alguns deles precisam deixar o município de Guaratinga para procurar atendimento médico nas redondezas e são obrigados a enfrentar a buraqueira da referida estrada que encontra-se abandonada pelo Governo  do Estado há mais de 15 anos..


Acidentes tem ocorridos constantemente e em alguns casos com vítimas fatais ocasionados pela péssima condições da estrada. Os veículos também são vitimas do descaso, são muitos os carros que apresentam problemas principalmente na suspeição, ou pneus estourados, devido os muitos buracos nas vias.

Insatisfeitos com a situação, os moradores de Guaratinga e de Itabela interditaram a rodovia e pediram apoio ao poder público estadual, mas o sofrimento parece não ter data para acabar. Segundo informações do próprio governador Rui Costa, os 28 km da estrada passarão por reformas, porém não tem data  prevista.

A Secretaria de Infraestrutura  do  Governo da Bahia responsável pelas vias estaduais, informou que avalia a recuperação do trecho. O orgão confirmou que a rodovia só será recuperada depois  da construção de três pontes no município de Guaratinga que foi um pedido da prefeita daquele município. Christine Pinto.

No dia 30 de julho que ocorreu a manifestação que resultou com a interdição da BA-283 e da  BR -101,  a assessoria do governo do estado informou que em 15 dias iniciaria um serviço de “Tapa buracos”. Passado 21 dias e nada foi feito.

Os proprietários e motoristas de transportes coletivos, produtores rurais, comerciantes, populares e vereadores das cidades de Itabela e Guaratinga, já estão se organizando para uma segunda manifestação e prometem ser  ainda maior do que a primeira, em prol da recuperação da estrada. O movimento deve acontecer no dia 30 de agosto.

Fonte: Giro de Noticias

Nenhum comentário

Postar um comentário

Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.