Mulher que vivia amarrada há sete anos é resgatada

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

/ Por: REDAÇÃO
www.itapebinoticias.com /  whatsapp (73) 988518399

FOTO REPRODUZIDA

Uma mulher com 33 anos de idade, mas com aparência e mente de 12 anos, foi resgatada pela cuidadora voluntária, conhecida como Sueli, do asilo Recanto dos Idosos, em Santa Cruz Cabrália.
Elisângela, pais falecidos, era “cuidada” pelo irmão, tem deficiência mental, autista, ouve, mas não fala, há 7 anos, morava amarrada dentro de um estábulo, numa roça distante, e pasmem! Alimentava-se de fezes de vaca.
Indicada para o resgate pela creche “Vó Jurema”, localizada no Arraial D’ajuda, Sueli afirma que, Elisângela, hoje é cuidada com muito amor pelo Asilo, toma banho, se perfuma, mas até hoje ainda exala um cheirinho de bosta de vaca. “Quem for visitá-la, favor levar perfume e colônia para ela”, sugere Sueli.
“Deus lhe pague! Conheçam o lugar, levem seu amor e solidariedade! Todo mês temos contas de água e luz para pagar e mais o aluguel! Alimentos temos recebido com freqüência, mas sempre faltam leite, margarina, legumes, carnes. Muito obrigada!”, apela a dedicada e obstinada Sueli.
Santa Cruz Cabrália tem dois Asilos. O “Meu Lar”, situado na Rua João de Tiba nº 40, bem estruturado e muito ajudado pela comunidade de Porto Seguro; e um pouco mais abaixo, na ribanceira da mesma rua, fica o segundo asilo, coordenado pela Sueli, o Recanto dos Idosos, muito carente e onde a Elisângela está sendo cuidada.
Fonte: Jojô Notícias

Nenhum comentário

Postar um comentário

Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.