Atacadão Carrefour chega a Porto Seguro acusado de desmatar área da mata atlântica

terça-feira, 21 de abril de 2020

/ Por: REDAÇÃO
www.itapebinoticias.com

foto: reproduzida

Bahia40graus está investigando denúncias de suposta grave agressão ambiental na construção do hipermercado Atacadão Carrefour, à margem da BR 367, na entrada de Porto Seguro, no extremo sul da Bahia. 
Diversas ONGs ambientalistas estão cobrando o cumprimento das leis ambientais, No ano passado, a ONG baiana Gamba (Grupo Ambientalista da Bahia) enviou ofício ao promotor ambiental da cidade, Wallace Barros, solicitando ao Ministério Público a intervenção em defesa do ‘patrimônio natural’ e a revisão do projeto local, atendendo as exigências legais de defesa do meio ambiente.
Os ambientalistas argumentam que as licenças obtidas ferem a legislação e estão equivocadas pelo fato da área do empreendimento está localizada dentro da reserva de remanescente da mata atlântica, em flagrante fronta ao Plano Municipal da Mata Atlântica. As licenças estão e nome de Hiyan Chafic Halibi.
Licenças
Contra os ambientalistas, pesam as licenças ambientais concedidas pelo Inema, órgão ambiental do governo estadual, além da licença da prefeitura local para a construção da loja do Atacadão Carrefour. 
Bahia40graus está apurando as responsabilidades pela emissão da licença local e acompanhando o caso. Aguarde mais informações e ampla cobertura do caso.
Fonte: Bahia40graus

Nenhum comentário

Postar um comentário

Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.