Governo tenta enviar dinheiro do Porto de Salvador para programa de Michelle Bolsonaro

quinta-feira, 15 de outubro de 2020

/ Por: REDAÇÃO
FOTO: REPRODUZIDA

O Palácio do Planalto pediu à Companhia das Docas da Bahia (Codeba) uma doação ao programa Pátria Voluntária, coordenado pela Casa Civil da Presidência da República e comandado por um conselho liderado por Michelle Bolsonaro, esposa de Jair. A informação é do The Intercept Brasil. Segundo o site, a própria Codeba confirmou a autoria do pedido.

A Codeba é uma empresa pública que tem como principal acionista o governo federal. Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, os portos de Santos e do Rio de Janeiro, igualmente públicos e federais, também receberam pedidos em nome da primeira-dama.

O Pátria Voluntária é um programa que incentiva e concentra doações de pessoas e empresas e as repassa a instituições sociais cadastradas. A iniciativa é representada publicamente por Michelle e usa a estrutura do governo federal, de modo que seus resultados naturalmente são atribuídos a Bolsonaro.

O Palácio do Planalto, em nota enviada ao site, confirmou o envio de ofício para “verificar a possibilidade de a companhia contribuir com ações e mobilização para o projeto”. É a primeira vez que o governo federal admite fazer pedidos a empresas estatais para programas tocados pela primeira-dama. No entanto, a nota nega que tenha havido pedido de dinheiro.

FONTE: METRO1

Nenhum comentário

Postar um comentário

Mais
© Imprensa
Itapebi Noticias Todos os direitos reservados.